O que você já deixou de fazer por ser mulher?

"Os homens nos cargos mais altos muitas vezes nem se dão conta dos benefícios de que desfrutam simplesmente por serem homens, o que pode impedi-los de enxergar as desvantagens associadas ao fato de se ser mulher. As mulheres em posições mais abaixo também acreditam que os homens acima têm o direito de estar lá em cima, de forma que tentam jogar segundo as regras e dão ainda mais duro para avançar na carreira, em vez de levantar questões ou ex

Desabafo: eu não sinto saudade (sou insensível/fria por isso?)

Vez ou outra alguém me pergunta se eu sinto saudade de estar grávida, da barriga, da sensação... Pode parecer insensível da minha parte, mas a resposta é NÃO.

Refleti um pouco mais sobre esse sentimento e percebi que eu não só não sinto saudade de estar grávida, como não sinto saudade de nenhuma outra fase da vida das crianças. Qu

A batalha entre ser mãe e conseguir assistir a série que você gosta

Amo assistir séries desde sempre! E dos mais variados temas. Lembro como se fosse ontem quando assisti o primeiro episódio da primeira temporada de GOT (Game of Thrones). Lembro de onde estava, da roupa que estava usando, tudo! Mesmo que você não assista a série, pode continuar lendo o post porque o mesmo não se trata da série em si, mas da relação estabelecida entre acompanhar séries e ser mãe (de 3, no meu caso).

Namorar alguém frio dá certo? Como escapar de um amor não correspondido? #terezaresponde

Quem me segue no Instagram (@terezalaise) sabe que vez ou outra tenho respondido perguntas sobre relacionamento. Duas delas me chamaram atenção. A primeira por abordar uma situação que muitas mulheres enfrentam e acreditam piamente que é normal. É comum acontecer? É. Mas não é normal e eu vou explicar as razões.

A seguidora me escreveu a seguinte mensagem:

O projeto que mudou minha vida

Quando estamos conectadas com nós mesmas e com aquilo que acreditamos, quando a vida se ajusta de uma maneira que você se sente confortável sendo quem você é, tudo flui, tudo vem e vai como o vento, como as ondas do mar. E o que precisa ficar, ancora na gente.

Há algum tempo eu vinha sentindo vontade de fazer algo em que eu pudesse ser eu mesma e que pudesse me conectar com pessoas reais. Quando eu falo em pessoas reais, quero