Quando estamos conectadas com nós mesmas e com aquilo que acreditamos, quando a vida se ajusta de uma maneira que você se sente confortável sendo quem você é, tudo flui, tudo vem e vai como o vento, como as ondas do mar. E o que precisa ficar, ancora na gente.

Há algum tempo eu vinha sentindo vontade de fazer algo em que eu pudesse ser eu mesma e que pudesse me conectar com pessoas reais. Quando eu falo em pessoas reais, quero dizer em ir além do que expomos, sobretudo em redes sociais. Mergulhar na essência, olhar no olho, se descobrir, se aceitar e se amar como somos. Super reais, cheias de defeitos, dores, medos, angústias, alegrias, amores, dons, vitórias, desejos, sonhos… Enfim, o pacote completo que todas nós carregamos na bagagem da vida.

Eis que de repente, como o vento, como uma onda, o desejo ferveu de um jeito que tomou conta de mim e a ideia chegou. Nasceu o projeto Eu Vejo Você.

É uma conversa, uma conexão, uma troca incrível e difícil de descrever. É energia, é puro amor.

Postei alguns stories no Instagram explicando o projeto e eu fui, literalmente, abraçada por vocês. Que felicidade por fazer algo com tanto amor e saber que estou conseguindo transmitir o que tanto desejo, que estou conseguindo me conectar com pessoas maravilhosas, únicas e super reais. Mais que um trabalho, isso tem um propósito e, digo outra vez, tem todo o meu amor.

Para quem ainda não conhece, clica aqui.

 

Quer saber mais?

Manda mensagem pra mim!