Há alguns dias coloquei em prática um desejo que guardava no meu coração há muito tempo. O de levar mais amor, um pouco do que sei e todas as melhores energias que vibram em mim para quem precisa.

Sempre tive essa vontade de fazer as pessoas se sentirem melhor através das palavras (maluquice para alguns, mas para mim sempre fez todo sentido e isso me bastou). O amor pelas palavras e o amor pelas pessoas andaram separados por quase toda a minha vida. E foi na virada do ciclo dos 32 para os 33 anos que eu me dei conta de que esses amores poderiam fundir-se para se transformarem em algo maior. Mas por onde começar? Foi aí que empaquei. Não sabia bem o que fazer (confesso que ainda não sei), mas o que me paralisou de verdade foi não saber qual o primeiro passo. Até que um dia… Plim! Foi como mágica. Criei o perfil no Instagram @sigaserena (logo mais contarei porque escolhi esse nome). Agi por pura intuição. Deixei as mãos amorosas da minha essência me guiarem. Os questionamentos e dúvidas ficaram de lado e eu finalmente dei meu primeiro passo.

Recebo diariamente mensagens de gratidão, depoimentos do quanto as palavras que ali coloco têm ajudado, têm feito as pessoas olharem mais para dentro delas… Ainda não sei o final da estrada, até confesso que hoje já não quero mais saber. Tudo que desejo é abrir meu coração, emanar todo o amor que houver e levar essa mensagem para o maior número de pessoas possível, um dia de cada vez.

Lembrem-se, quero inspirar o amor próprio através do autoconhecimento, no entanto isso não significa que você não deva buscar ajuda profissional (psicólogo/psiquiatra). Muito pelo contrário, até quero deixar explícito aqui que auxílio psicológico é muito bem-vindo independente de você achar que precisa ou não. Já é hora de romper com esse paradigma de que só cuida das emoções e busca ajuda profissional quem está doente. Na verdade, se cuidarmos com carinho e responsabilidade dos nossos sentimentos, se ousarmos (hoje ainda é ousadia olhar para dentro) nos conhecermos mais profundamente, muitas doenças podem ser prevenidas. 

Estarei sempre por aqui, pronta para ouvir/ler você, de braços, alma e coração abertos.

Beijos e LUZ!