Uma coisa que muita gente usa, mas pouca gente sabe que é ERRADO: cotonetes para limpar os ouvidos. Seja nas crianças ou nos adultos, o uso das hastes é prejudicial.

A Academia Americana de Otorrinolaringologia revisou recentemente as recomendações sobre o assunto e vou escrever algumas informações que encontrei na Revista Crescer para esclarecer mais sobre o tema:

Nunca utilize cotonete ou nenhum outro objeto para para limpar o ouvido da criança. A manipulação excessiva e inadequada da orelha gera irritações na pele e pode causar infecções dolorosas dos tecidos superficiais, um quadro conhecido como otite externa. O uso de hastes flexíveis pode empurrar a cera para o interior do canal em vez de tirá-la.

A cera (que pode ser de amarela até marrom escura) é produto da secreção de glândulas localizadas na parte mais externa do canal auditivo. Sua função é proteger a pele, mantendo-a hidratada e impermeabilizada. Ela também facilita a saída de detritos que possam entrar no ouvido.

A cera não é um problema. O ouvido é “autolimpante”, ou seja, ele não precisa que você faça nada para ajudar a natureza.

Em caso de necessidade, o otorrino é o profissional que deve fazer a limpeza do canal auditivo da criança, utilizando técnicas e instrumentos adequados. No geral, o processo é indolor e rápido.

Os pais devem fazer a higiene da parte externa da orelha do filho utilizando a ponta de uma toalha para retirar somente a cera que está visível na entrada do canal auditivo.

Escrever um Comentário