Aquela mania que não serve para nada além de te deixar infeliz: tentar agradar todo mundo. Outra do mesmo nível: dar ouvidos às opiniões alheias e permitir que o que as pessoas pensam sobre você te coloque para baixo

Eu poderia passar horas, dias… escrevendo sobre esse hábitos nada saudáveis que vamos adquirindo ao longo da vida e vamos deixando que isso nos diminua de maneira tal que, quando percebemos, parece ser tarde demais. Pois bem, não é tarde demais! Pare um pouquinho agora, respire fundo (se quiser feche os olhos) e pense se o que as pessoas dizem sobre você é relevante. O quanto você se importa com a opinião alheia? O quanto você se importa com o que os outros vão pensar? Sinceridade, ok? Responda para você mesma. Ah, e esses “outros” pode ser qualquer um, pai, mãe, amigos, professores, filhos, namorados, namoradas, conhecidos, desconhecidos… Considere “outros” todos aqueles que não sejam você.

A gente se importa SIM com a opinião alheia! Não adianta pagar de super pra frente, super bem resolvida e descolada, muito embora a gente lute diariamente para isso. A verdade é que sempre terá aquela pessoa que a gente vai pensar duas vezes antes de tomar qualquer decisão. O que essa tal pessoa vai achar disso? 

A vida é sua, só você (e mais ninguém) sabe o que te faz bem de verdade, o que te faz feliz, o que vai te fazer ser uma pessoa realizada.

Tudo bem se importar com a opinião dos outros. Tudo bem desde que este não seja o principal motivo pelo qual você toma as suas decisões. A vida é sua, só você (e mais ninguém) sabe o que te faz bem de verdade, o que te faz feliz, o que vai te fazer ser uma pessoa realizada. E pra sentir tudo isso, vale deixar de lado a opinião dos outros e se conectar com a SUA OPINIÃO, concorda? E como fazer isso? Ligando o botãozinho do FOD*-SE! Se você realmente deseja algo, mas vem essa ou aquela pessoa te desmotivar, colocar mil empecilhos no seu caminho, liga o botão e continua seu plano. Vai atrás do que você curte e ponto. No começo pode parecer difícil, mas depois você vai descobrindo que é extremamente libertador ouvir sua voz interior e calar as vozes externas. Sua voz vai ganhar cada vez mais força e você vai se conhecer cada vez mais. Seu caminho vai se tornar mais nítido, mais fluido e mais feliz.

Não existem caminhos certos, não existem vidas perfeitas e muito menos uma maneira de agradar todo mundo. Você não está aqui pra isso! Seja feliz, respeite os outros, respeite suas opiniões, mas não permita que o que os outros pensam defina quem você é. Seja você mesma! E se você ainda não sabe direito quem você é, permita-se descobrir! Este é um maravilhoso ponto de partida, concorda?

Que tal a partir de hoje, ao invés de pensar em o que os outros vão pensar você substituir por o que eu quero fazer? A vida vai ficar mais leve, garanto.

Beijos e até.

Escrever um Comentário